Huambo: Sector da energia na província com novo projecto

Huambo: Pormenor da Cidade do Huambo (Foto: Edilson Domingos)

O sector da energia na província do Huambo vai contar, brevemente, com um novo projecto, com a instalação uma central térmica eléctrica com capacidade para 50 megawatts, de modo a aumentar a potência na rede de distribuição.

A informação foi avançada pelo director da Empresa Nacional de Distribuição de Energia (ENDE) no Huambo, Noé Mota Chitata, em declarações na segunda-feira, à imprensa, no quadro de uma visita de trabalho de uma comissão multiministerial efectuada a esta cidade.

Sem precisar da data do início dos trabalhos, informou que o projecto a ser implantando na área do Dango, arredores desta cidade, enquadra-se nos desafios do governo da província, de criação de uma fonte alternativa a barragem do Gove, em função da insuficiência de potência que se regista na rede.

Fez saber que actualmente a rede eléctrica apresenta uma dedução na ordem dos 17 megawatts, causando muitas restrições no fornecimento a cidade, que necessita de 30 megawatts, a julgar pelo surgimento de novas infra-estruturas e o crescimento demográfico.

Explicou que as mesmas restrições têm sido efectuadas no sentido de beneficiar as zonas do casco urbano da cidade e, de forma intercalada, todos os bairros periféricos abrangidos na rede.

Noé Mota Chitata informou igualmente estar em curso a execução de 20 mil ligações domiciliares e a instalação de cem postos de transformação, no âmbito da linha de financiamento da china.

Quanto instalação de sistemas pré-pagos, informou que os trabalhos continuam com o objectivo de substituir os habituais pós-pagos, tendo informado que até a data foram instalados 19 mil e 300 contadores, dos quais, dois mil e nove na centralidade do Lossambo.

No domínio da iluminação pública garantiu que a sua instituição vai continuar a dar suporte técnico a administração municipal do Huambo, no sentido de manter as artérias mais iluminadas.

Fez saber ainda estarem a ser realizados estudos de levantamento no bairro da juventude e no projecto habitacional de 200 casas, arredores desta cidade, que deverão ser contemplados com a energia da central térmica do Lossambo.

Adiantou que os mesmos estudos estão também a ser desenvolvidos nos municípios do Chinjenje, Ecunha e Chicala Cholohanga, com o objectivo de se encontrar solução para a melhoria na rede de distribuição da energia electrica das vilas municipais. (Angop)

DEIXE UMA RESPOSTA