Homem perde seu membro sexual após prendê-lo em uma garrafa

(Yahoo)

Um homem de 50 anos se tornou figura nacionalmente conhecida em Honduras após perder seu pênis. O motivo que levou a amputação foi o factor que levou à “comoção” em torno do caso.

A história começou quatro dias antes do homem ir ao hospital. Com vergonha, esse foi o tempo que ele demorou para procurar um médico após ficar com seu membro entalado na boca de uma garrafa. Por motivos óbvios, a identidade do paciente foi mantida em sigilo.

“É um caso estranho. Tivemos um paciente de 50 anos que, por não ter esposa ou namorada, quis aliviar sua frustração sexual. Então ele colocou o pénis na boca de uma garrafa. Isso provocou a necrose e a morte do órgão”, explica Dennis Cheirinhos, responsável pelo caso.

A equipe médica garante que a demora em procurar um médico foi fundamental para a necessidade de amputação. Se o pénis não tivesse necrosado, os médicos afirmam que poderiam resolver o problema de uma forma tranquila.

Situações do género não são muito raras e em praticamente todas as vezes, o paciente só procura ajuda médica quando a situação está comprometida ou muito agravada.

Há dois anos, um caso similar ocorreu na Inglaterra quando um homem usou um anel de titânio durante uma relação sexual que posteriormente ocasionou um estrangulamento do órgão. A natureza do metal tornou impossível o seu rompimento sem colocar a vida do paciente em risco. Quando o paciente buscou ajuda, uma cirurgia de drenagem já não era mais possível e teve o mesmo desfecho. (Yahoo)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA