Hillary e Michelle Obama fazem 1ª aparição juntas em busca de apoio feminino

Hillary Clinton e Michelle Obama em campanha na Carolina do Norte (REUTERS/Carlos Barria)

A candidata democrata à Presidência dos Estados Unidos, Hillary Clinton, fez sua primeira aparição de campanha com uma de suas defensoras mais poderosas, a primeira-dama Michelle Obama, em um comício na Carolina do Norte, nesta quinta-feira, para fazer um apelo aos jovens e às mulheres para votar.

Hillary, ex-primeira-dama que perdeu a nomeação democrata de 2008 para o então senador Barack Obama antes de se tornar sua secretária de Estado, elogiou Michelle Obama por defender os direitos de meninas e mulheres em todo o mundo, citando um grande contraste com o candidato republicano Donald Trump.

“Eu gostaria de não ter que dizer isto… Mas, na verdade, dignidade e respeito para as mulheres e meninas também estão nas urnas nesta eleição”, disse Hillary a uma multidão de cerca de 11.000 pessoas. “E eu quero agradecer à nossa primeira-dama por sua defesa eloquente e poderosa desse valor básico”.

As críticas de Michelle Obama a Trump após um vídeo vazado de 2005 ter mostrado o candidato republicano fazendo comentários libidinosos e comentando sobre ter apalpado mulheres foi visto por muitos como uma das condenações mais marcantes da campanha do empresário de Nova York.

Sem nomear Trump, Michelle perguntou às pessoas qual candidato elas querem para representar suas filhas na Casa Branca.

“Queremos um presidente que leva este trabalho a sério, e tenha temperamento e maturidade para fazê-lo bem. Alguém que é constante. Alguém em quem podemos confiar com os códigos nucleares”, disse ela.

“Eu não estaria aqui mentindo para vocês: Eu acredito com todo o meu coração que Hillary Clinton será a presidente”, acrescentou. (Reuters)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA