Guterres apresenta-se”como uma espécie de Jacques Delors” – Seixas da Costa

(Foto: D.R.)

António Guterres apresenta-se com “uma agenda positiva” na corrida a secretário-geral das Nações Unidas, o que o transforma “numa espécie de Jacques Delors” e isso pode assustar alguns membros ocidentais do Conselho de Segurança, considera Francisco Seixas da Costa.

“Sabemos que os secretários-gerais [da ONU] – ou os presidentes da Comissão Europeia – com uma agenda forte, personalizada e com vontade de mudar, às vezes são incómodos”, acrescentou o antigo embaixador português junto das Nações Unidas em entrevista à agência Lusa na antecipação da presença esta segunda-feira da vice-presidente da Comissão Europeia Kristalina Georgieva, na Assembleia Geral (AG) das Nações Unidas para defender a sua candidatura à liderança da ONU.

Sobre Georgieva – que se submete, como sucedeu com os restantes candidatos, às perguntas da AG durante aproximadamente duas horas – Seixas da Costa considera-a “uma mulher-de-mão dos alemães”. (cmjornal)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA