Grandes Lagos: Iniciou Cimeira de Luanda

Edifício do Centro de Convenções de Talatona (Foto: Francisco Miudo)

A 7ª Reunião de Alto Nível do Mecanismo de Supervisão Regional do Acordo-quadro para a Paz, Segurança e Cooperação para a República Democrática do Congo e a Região dos Grandes Lagos iniciou-se há instantes, no Centro de Convenções de Talatona, em Luanda.

Informações actualizadas sobre a situação política nas Repúblicas do Burundi, Sudão do Sul, Democrática do Congo e Centro-Africana vão dominar a reunião, que está a ser orientada pelo Chefe de Estado angolano, José Eduardo dos Santos, na qualidade de presidente em exercício da Conferência Internacional da Região dos Grandes Lagos (CIRGL).

A reunião reserva a apresentação do relatório de balanço sobre a implementação do acordo-quadro para a paz, segurança e cooperação na República Democrática do Congo e na região.

Segundo o programa oficial, nessa sessão de abertura devem intervir o enviado especial do secretário-geral das Nações Unidas para a Região dos Grandes Lagos, Said Djinnit, do rei III Mswati do Reino da Suazilândia, nas vestes de presidente em exercício da SADC, do Chefe de Estado do Tchad e presidente em exercício da União Africana, Idriss Deby.

O discurso do Presidente José Eduardo dos Santos vai dominar esse acto de abertura da 7ª reunião de Alto Nível do Mecanismo de Supervisão Regional do Acordo para a Paz, Segurança e Cooperação para a RDC e a região dos Grandes Lagos.

O encontro, iniciativa da presidência angolana na Conferência Internacional para a Região dos Grandes Lagos (CIRGL), em cooperação com a União Africana (UA), a Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) e a Organização das Nações Unidas (ONU), foi antecedido de outro preparatório a nível de ministros das Relações Exteriores dos países membros deste órgão regional da África Central.

Esta reunião de Luanda conta com a presença dos Chefes de Estado de Angola, José Eduardo dos Santos, da RDC, Joseph Kabila, do Congo, Denis Sassou Nguesso, do Tchad, Idriss Deby (na qualidade de presidente em exercício da União Africana), da Zâmbia, Edgar Lungu, além da presidente da Comissão da União Africana (UA), Nkosozana Dlamine Zuma.

Participam ainda o primeiro ministro da RCA, Simplice Matheius Sarandji, os vice-presidentes do Quénia e do Sudão, respectivamente, William Ruto e Mohamad Abdallah, além do primeiro-vice-presidente do Burundi, Gaston Sindimwa.

Os representantes do secretário-geral da ONU, da União Africana, das comunidades de desenvolvimento da África Austral (SADC) e económica da Africa Central (CEAC) e dos Estados membros do Conselho de Segurança da ONU marcam igualmente presença. (Angop)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA