Galp vai ganhar seis novas plataformas de petróleo no Brasil e Angola

(Foto: D.R.)

A petrolífera portuguesa espera ter mais seis navios-plataforma a produzir petróleo nos dois países até final de 2018.

A Galp vai ganhar mais seis plataformas petrolíferas no Brasil e Angola. Os navios plataforma FPSO encontram-se actualmente em construção.

A companhia espera que os seis FPSO – que extraem o petróleo do fundo do mar – devam entrar em operação até final de 2018. Quatro deles destinam-se a produzir petróleo no pré-sal da Bacia de Santos no Brasil. Os outros dois vão ter como destino o Bloco 32 no mar de Angola.

 

O anúncio foi feito pelo presidente executivo da Galp, Carlos Gomes da Silva, esta sexta-feira, 28 de Outubro, durante a apresentação de resultados.

 

A companhia portuguesa já tem seis FPSO em produção no pré-sal do Brasil. Foi este ano que entraram em operação os dois últimos FPSO deste seis.

 

Os primeiros quatro FPSO já atingiram o “plateau”, o seu nível de produção máxima, mas os dois mais recentes, ainda estão na fase de “ramp up”, de subida de produção, e só deverão atingir o seu nível máximo no próximo ano.

As acções da Galp recuam 0,12% para 12,5 euros. (jornaldenegocios)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA