França: Juppé vence primeiro debate para as primárias da direita

(Euronews)

Os sete candidatos à nomeação da direita francesa para a candidatura presidencial enfrentaram-se esta noite no primeiro de três debates com vista às primárias do fim de novembro.

Um debate onde Nicolas Sarkozy, chefe de Estado entre 2007 e 2012, foi atacado por vários ex-ministros e aliados partidários, nomeadamente a respeito dos problemas com a justiça. O ex-presidente preferiu atacar o mandato do atual chefe de Estado socialista, François Hollande, dizendo que “o país não enfrenta desafios tão grandes desde 1945”, como “o impacto da migração” ou “desemprego maciço”, e frizando a necessidade de “uma alternativa forte, dinâmica, imediata e concreta”.

A primeira sondagem pós-debate concedeu a vitória ao ex-primeiro-ministro Alain Juppé, que era já o favorito antes do encontro.

Durante a intervenção, Juppé – com um discurso mais moderado – defendeu a diversidade, dizendo que os franceses “não têm todos a mesma religião, cor de pele ou raízes. É preciso respeitar essa diversidade, com duas condições: que não separe as pessoas e que fortaleça os pontos em comum”.

Para além das desavenças com a justiça e a imigração, os impostos, o “burkini” e a identidade nacional foram outros dos temas em debate.

As primárias da direita francesa com vista às presidenciais de 2017 têm lugar a 20 e 27 de novembro. (Euronews)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA