Falso Trump acompanhado por jovens de biquíni gera confusão em Manhattan

(Afp)

Um Donald Trump falso apareceu nesta terça-feira com duas jovens de biquíni em frente à Trump Tower de Nova York, semeando o caos em um evento organizado para lançar a exposição de uma artista britânica.

Alison Jackson ficou famosa usando em suas fotos imagens de celebridades, encarnadas por sósias, às quais apresenta em cenas imaginárias e curiosas.

Uma Marilyn Monroe que se despe para John F. Kennedy, a rainha Elizabeth II lavando pratos e Barack Obama fumando um charuto estão entre suas obras mais marcantes.

Para divulgar sua nova exposição, “Private” (Privado), que será inaugurada nesta terça-feira na galeria HG Contemporary de Nova York, o falso Donald Trump, que usou em algumas de suas fotos, foi solicitado.

O sósia saiu do Trump International Hotel and Tower, situado na esquina sudoeste do Central Park, e se dirigiu à Trump Tower, na Quinta Avenida, sentado em um conversível com motorista, na companhia de duas jovens em trajes provocativos, vestindo biquínis estampados com a bandeira americana.

Para assombro de nova-iorquinos e turistas, o falso Trump multiplicava as poses sugestivas, com a cumplicidade das moças.

Após ter sido detido brevemente pela polícia, chegou à frente da Trump Tower, sede da campanha e residência do magnata do sector imobiliário, candidato republicano à Casa Branca. Foi ali que a confusão aconteceu.

Seguindo um roteiro preparado com antecedência pelos organizadores, uma dezena de jovens vestindo biquínis e sapatos de salto alto foi na direcção dele, exibindo cartazes com inscrições como “I am not a slut” (Não sou uma vagabunda) ou “Grab America by the pussy” (Agarre a América pelos genitais).

Elas repetiam frases como “Respect us!” (Respeite a gente) e “Don’t touch our bodies!” (Não toque em nossos corpos) para o sósia de Trump, em alusão às denúncias de agressão sexual ou conduta imprópria apresentadas por mais de dez mulheres contra o candidato.

Após alguns poucos minutos, o falso Trump desceu à Quinta Avenida em meio a uma multidão munida de smartphones, câmaras fotográficas e cinegrafistas, antes de entrar em um táxi.

Os organizadores do evento, interrogados pela AFP, disseram ter se dirigido à Times Square para prosseguir com o evento, antes de ir para a galeria onde estão expostas as fotos de Alison Jackson. (Afp)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA