EUA elogia iniciativa do Governo

João Lourenço, Ministro da Defesa Nacional (Foto: Joaquina Bento)

Os Estados Unidos aplaudiram ontem, em Luanda, a iniciativa angolana de albergar, no final deste mês, uma Cimeira para promover a paz e a estabilidade na República Democrática do Congo (RDC), reiterando o apoio dos EUA à iniciativa.

O elogio foi feito pelo embaixador-adjunto do Comando dos Estados Unidos para a África (AFRICOM), Alexander Laskaris, no final de um encontro com o ministro da Defesa Nacional, João Lourenço.

A busca da paz e da estabilidade política e militar no continente africano, sobretudo na RDC, dominaram o encontro entre o ministro da Defesa e o diplomata americano, presenciado pela embaixadora americana em Angola, Helen La Lime.

O responsável pela diplomacia do AFRICOM valorizou o papel de liderança de Angola na região, salientando que os EUA estão satisfeitos com as relações bilaterais, com destaque para a cooperação entre as forças armadas dos dois países.

Alexander Laskaris informou que a situação na RDC foi analisada com profundidade nos domínios político, militar e de segurança do povo congolês, bem como as suas implicações em países como Angola, com quem partilha uma extensa fronteira. Laskaris disse esperar que a região e a comunidade internacional tenham a mesma linguagem para ajudar a resolver a “situação complicada” da RDC. “Também falamos da necessidade do incremento da cooperação militar bilateral, no âmbito da segurança marítima, onde desenvolvemos relações de interesse comum”, informou o diplomata americano, para salientar que a protecção das águas marítimas e as actividades desenvolvidas no Oceano Atlântico constituem prioridades dos dois Estados, no quadro do combate à pirataria e contrabando de armas.

O encontro serviu ainda para analisar a actual situação na Líbia, onde decorre uma operação militar contra os jihadistas em cooperação com as forças de segurança desse país. (Jornal de Angola)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA