EUA acreditam que Turquia na luta por Mossul pode ser produtivo

(Euronews)

O secretário norte-americano da Defesa afirmou, esta sexta-feira, acreditar que a participação da Turquia na luta contra o grupo Estado Islâmico, em Mossul, pode ser produtiva. Isto apesar das divergências entre Bagdade e Ancara.

Em Kirkuk, intensificam-se os confrontos entre curdos e militantes do grupo extremista, isto depois de ter sido lançada a ofensiva para reconquistar Mossul e destes estarem a perder o controlo de várias cidades.

Algumas dezenas de pessoas morreram nas últimas horas. Os números variam, entre as diferentes fontes, de 18 a mais de 40.

Em Bartella já foi hasteada a bandeira iraquiana e os sinos da igreja cristã já soaram a repique. O controlo desta cidade foi recuperado esta quinta-feira.

Segundo as Nações Unidas o grupo Estado Islâmico forçou 550 pessoas a abandonarem Samalia e Najafia, na última segunda-feira, que terão sido levadas para Mossul. A organização está preocupada com a utilização de civis, por parte dos jihadistas, como escudos humanos. (Euronews)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA