Democratas exigem que FBI denuncie ligação de Trump com Moscovo

(© flickr.com/ DonkeyHotey)

O líder do Partido Democrata no Senado dos EUA, Harry Reid, pediu que o director do FBI, James Comey, denuncie publicamente a suposta ligação do candidato republicano à Presidência do país, Donald Trump, com as autoridades russas.

“Nos meus contactos com o senhor e outros altos funcionários da comunidade de serviços que lidam com a segurança nacional, ficou claro que vocês possuem informações explosivas sobre estreitos laços e coordenação entre Donald Trump, seus assessores e o governo de Moscovo – com interesses estrangeiros, que são abertamente hostis aos EUA e que Trump elogia em todas as oportunidades. A sociedade tem o direito de conhecer essa informação” – declarou Reid em carta aberta.

“Escrevi para o senhor alguns meses atrás pedindo que essa informação fosse publicada. A sua publicação não representa perigo aos interesses americanos, mas vocês continuam se opondo aos apelos para informar o público sobre essa informação de importância crítica” – completou Reid.

Na mesma carta, o líder democrata acusa Comey de cooperar com o Partido Republicano e de violar a lei ao anunciar, a apenas dez dias das eleições presidenciais, a retomada das investigações contra Hillary Clinton, por ela ter utilizado um e-mail privado durante seu mandato como secretária de Estado dos EUA.

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, já declarou publicamente que a suposta preferência de Moscou pela candidatura de Trump é totalmente absurda. (Sputnik)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA