Cuanza Norte: Anunciada criação de Zonas de Influência Pedagógica

Pinda Simão - Ministro da Educação (Foto: Eliseu Veloso)

O ministro da Educação, Pinda Simão, anunciou, quinta-feira, em Ndalatando, Cuanza Norte, a criação de Zonas de Influência Pedagógica (ZIP), a partir de 2017, nas 18 províncias do país.

Em declarações à imprensa, no final de uma visita de dois dias à província do Cuanza Norte, Pinda Simão, referiu que essa medida visa melhorar o processo de ensino e aprendizagem no país.

Fez saber que o projecto conta com apoio do Banco Mundial, tendo já o Ministério da Educação efectuado o concurso público para a aquisição de equipamentos e meios de apoio às futuras unidades de formação.

Sem apontar o número de centros a serem criados, o governante sublinhou que as ZIP vão ajudar a melhorar o desempenho dos professores, assim como auxiliará na supervisão pedagógica.

“É preciso melhorar o apoio que se dá aos professores para eles poderem desenvolver o seu trabalho da melhor forma, para se ter resultados positivos na sala de aula”, frisou.

As ZIP, ressaltou, são lugares de interacção onde os docentes poderão partilhar conhecimentos sobre os melhores métodos de transmissão e planificação das aulas.

“Fazer avaliação das aprendizagens dos alunos, explorações das experiências positivas entre os colegas, são outros dos objectivos das ZIP, que são meios para ajudar a minimizar as dificuldades profissionais de muitos professores”, acrescentou. (Angop)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA