Cuanza Norte: Angola precisa de 600 estações para melhorar informação meteorológica

Cuanza Norte:Director geral do INAMET, Domingos Nascimento (Foto: Diniz Simão)

O director-geral do Instituto Nacional de Meteorologia e Geofísica, Domingos do Nascimento, afirmou sexta-feira, em Camabatela (província do Cuanza Norte), que o país precisa de pelo menos 600 estações meteorológicas, para melhorar a informação sobre os fenómenos naturais, em todo o território.

O responsável fez tal afirmação quando falava à imprensa, no acto de inauguração de uma estação meteorológica automática, que vai facilitar a previsão de fenómenos naturais e controlar o microclima da situação atmosférica da região.

Segundo disse, o país possui actualmente 55 estações do género instaladas em diversas localidades, número insuficiente para a cobertura integral de todo o território nacional.

Acrescentou que presentemente, a sua instituição está a desenvolver um programa que visa colocar o máximo de estações, possíveis, para que com outros parceiros, aproveita e integrar na base de dados do INAMET as informações que estes possuem.

Sublinhou que a intenção e aproveitar as informações fornecidas pelos equipamentos em posse dos grandes fazendeiros e do Ministério da Energia e Água, para potenciar e alertar as áreas da agricultura, turismo, pesca, construção civil, entre outros, fornecendo uma série de informações que o sector económico e produtivo precisa.

Disse que o sector projectou que até finais de 2017, Angola venha a ter 150 estações meteorológicas, que incluem os equipamentos a serem instalados pelo INAMET e os outros em posse dos parceiros.

Esclareceu que um dos grandes objectivos da instalação destes equipamentos, tem a ver com o compromisso do país na previsão dos fenómenos naturais, devido as mudanças climáticas, facto que obriga o governo a estender a sua rede de estações meteorológicas, para alimentar os modelos globais.

Domingos do Nascimento afirmou ainda que o país esta preparado para prever e alertar probabilidades de ocorrências de catástrofes naturais, tais como tempestades e outras derivadas das alterações climáticas. (Angop)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA