Comité da ONU aprova início de negociações sobre proibição de armas nucleares

Um comitê da Assembleia Geral das Nações Unidas (Afp)

Um comité da Assembleia Geral das Nações Unidas aprovou nesta quinta-feira o início de negociações para um novo tratado de proibição de armas nucleares, apesar da férrea oposição das potências nucleares mundiais.

Um projecto apresentado por Brasil, Áustria, Irlanda, México, Nigéria e África do Sul foi aprovado por 123 votos contra 38 e 16 abstenções, após semanas de campanha das potências nucleares a favor do ‘não'”.

A resolução – não vinculante – prevê o início de negociações em Março próximo sobre o novo tratado, e destaca as profundas preocupações sobre “as catastróficas consequências humanitárias de qualquer uso de armas nucleares”.

Quatro das cinco potências nucleares e membros permanentes do Conselho de Segurança – Estados Unidos, França, Grã-Bretanha e Rússia – votaram contra o projecto, enquanto a China de absteve, assim como Índia e Paquistão, que possuem armas atómicas.

Japão, que durante um longo tempo fez campanha contra as armas nucleares, também votou contra, do mesmo modo que Coreia do Sul, que enfrenta a ameaça nuclear da Coreia do Norte.

Os opositores à iniciativa argumentam que o tema do desarmamento nuclear deve ser discutido com base nas negociações do Tratado de Não Proliferação Nuclear (NPT).

O projecto deve ser votado no plenário da Assembleia Geral no final de Novembro. (Afp)

DEIXE UMA RESPOSTA