Comércio elege exportação para inserir país no mercado internacional

Fiel Constantino - Ministro do Comércio (Foto: Joaquina Bento)

O Ministério do Comércio definiu a exportação de bens e serviços, como pilar para aumentar a inserção do país no comércio regional e internacional.

Segundo o titular da pasta, Fiel Constantino, que discursava hoje (quinta-feira) na I conferência sobre exportações em Angola, estão em curso acções para fazer face à deficiente situação económica que o país enfrenta, derivada da queda do preço do petróleo no mercado internacional.

Referiu, neste quadro, que a criação da Agência para a Promoção de Investimento e Exportações de Angola (APIEX) representa um compromisso do Governo na criação de mecanismos de apoio ao processo das exportações e a internacionalização das empresas angolanas.

Afirmou que a conferência sobre exportações visa abordar aspectos transversais, tendo em vista a aceleração dos programas sectoriais alinhados com a estratégia para a saída da crise.

Referiu que a feira do exportador “Export Angola”, que se realiza em paralelo com a conferência, demonstra o potencial das empresas angolanas comprometidas em produzir para exportar.

A I conferência sobre exportações em Angola é uma promoção da APIEX e conta com a presença de mais de 400 convidados, entre os quais, membros do Executivo, instituições financeiras, investidores privados, associações empresariais e exportadores.

A cerimónia de abertura foi presidida pelo Vice-presidente da República, Manuel Domingos Vicente. (Angop)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA