Chefe da bancada da Renamo morto a tiro

(LUSA)

Deputado foi morto na sua “barraca”, como são chamadas no país pequenas mercearias informais que por vezes são construídas defronte das casas.

O chefe da bancada da Renamo, principal partido de oposição em Moçambique, na Assembleia Provincial de Sofala, centro do país, Juma Ramos, foi morto a tiro por desconhecidos no domingo, informou hoje a polícia.

Segundo o porta-voz do comando provincial da Polícia da República de Moçambique (PRM) em Sofala, Daniel Macuácuá, o deputado foi morto na sua “barraca”, como são chamadas no país pequenas mercearias informais que por vezes são construídas defronte das casas.

“Dirigiram-se à residência da vítima e assassinaram-na. Foram desdobradas forças no terreno, no sentido de esclarecer este caso”, afirmou Macuácuá. (Tvi24)

por Lusa

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA