Catumbela assinala cinco anos de existência

Benguela: Vista parcial da Vila de Catumbela (Foto: Lucas Neto)

O município da Catumbela, a mais nova unidade administrativa da província de Benguela, assinalou esta quarta-feira cinco anos de existência sob o signo de crescimento económico e desenvolvimento social, desde a sua desanexação do Lobito.

A administradora local, Alice Pascoal, fez a afirmação quando intervinha no acto político dedicado ao 5 de Outubro, data da institucionalização do município.

Referiu que desde 2010, último ano em que a então comuna da Catumbela esteve sob autoridades administrativa do Lobito, o sector da educação registou um crescimento exponencial.

Segundo a responsável, o número cresceu de 29.215 alunos para 73 mil e 709 alunos, que frequentam aulas em 42 escolas, no II ciclo do ensino secundário.

Sem se referir o número de salas actuais ou corpo docente, Alice Pascoal alistou igualmente os ganhos na área da saúde, onde 170 novas camas foram instaladas, totalizando 386, contra os anteriores 216 lugares para internamento.

Disse existir um total de 60 unidades empresariais instaladas no Pólo de Desenvolvimento Industrial da Catumbela, entre fábricas e estruturas comerciais, que contribuem para o desenvolvimento da localidade e consequente bem-estar das famílias.

“O crescimento foi multifacetado. O fornecimento de água potável nunca foi relegado para segundo plano, dai que vários furos subterrânea foram abertos nas sanzalas e povoações de Lopinja, Lossucua Esquerdo, Sucua Direito e Lumbava, na comuna do Biopio, e outros na zona do Colelo (comuna do Gama)”, disse.

Sob lema “Catumbela com o seu povo, rumo ao progresso”, várias actividades de carácter sociocultural em prol a data foram realizadas, com realce para doação de sangue ao hospital São Pedro, feira do idoso e inauguração do largo 1º de Maio.

Com 167 mil 625 habitantes (censo 2014), Catumbela subdivide-se pelas comunas de Biopio, Gama e Praia Bebe, além da comuna sede, tendo a agricultura, pesca, pecuária e indústria como principais actividades. (Angop)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA