Casa Branca acusa Donald Trump de ‘agressão sexual’ (vídeo)

(REUTERS/ /Mike Segar)

Os comentários que o candidato presidencial republicano Donald Trump faz em um vídeo de 2005 vazado na última sexta-feira passada constituem agressão sexual, segundo afirmou nesta terça-feira (11) o secretário de imprensa da Casa Branca, Josh Earnest.

“O presidente [Barack Obama] achou a gravação repugnante, assim como a maioria dos americanos”, afirmou Earnest, acrescentando que há um consenso de que “essas declarações constituíram agressão sexual”.

A campanha de Trump tem sido abalada desde sexta-feira pela publicação de um vídeo de 2005 no qual o magnata faz uma série de observações vulgares sobre mulheres. Em um trecho da conversa gravada, ele afirma que, sendo famoso, pode fazer “o que quiser”, como “pegá-las pela vagina”.

Vários representantes do Partido Republicano distanciaram-se publicamente de Trump após o escândalo, inclusive o presidente da Câmara dos Representantes, Paul Ryan, que disse estar enojado com o que foi dito na gravação. (Sputnik)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA