Candidato a Presidência da FAA promete formação contínua

Carlos Rosa - Presidente da Federação de Atletismo (Foto: Alberto Julião)

O candidato a presidente da Federação Angolana de Atletismo (FAA), Carlos Rosa de Sousa, prometeu quinta-feira, nesta cidade, durante a sua campanha, uma formação contínua de novos dirigentes e atletas, em parceria com universidades e institutos, para que se obtenha melhores talentos para desafios internacionais.

Carlos Rosa de Sousa, presidente cessante, realçou que, caso que seja reconduzido terá como missão dar o melhor dinamismo ao atletismo angolano, criando condições no capítulo de formação de atletas, aumentar a força técnica dos treinadores, activistas, monitores e professores de educação física.

O candidato disse ainda que, dentro do seu plano de acção, vai incrementar a participação da população no atletismo competitivo a nível infantil, escolar, juvenil e social, com objectivo de massificar a modalidade para garantir os rendimentos que possibilitem superar os resultados em cada ciclo olímpico, assim como aperfeiçoar o sistema competitivo nacional a partir dos escalões iniciais.

Consta ainda no seu plano de acção, trabalhar com os governos provinciais na melhoria de condições para a prática da modalidade, com a criação de circuitos de terra batida no formato de pistas, assim como a sua implementação para desenvolver a modalidade, priorizar a formação integral dos atletas para que sejam expoentes sociais, fortalecendo o ideológico educativo e cultura dignos da sociedade angolana.

O dirigente desportivo pretende ainda incorporar com maior eficiência a ciência e a inovação tecnológica ao treinamento desportivo a nível de todas as províncias, de maneira que contribua mas efectivamente a obtenção dos resultados que garantam a elevação da qualidade do atletismo em todo o sistema de controlo e avaliação da preparação desportiva de forma harmoniosa e uniformizada.

Quanto a visão do atletismo angolano, assegurou que está em bom desenvolvimento em termo da qualidade dos resultados desportivos superando os anos anteriores. (Angop)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA