Bomba incendiária é lançada contra sede do Partido Republicano na Carolina do Norte

(Afp)

A Polícia do estado de Carolina do Norte abriu investigações neste domingo pelo ataque com bomba incendiária contra um escritório do Partido Republicano dos Estados Unidos, que teve o edifício adjacente pintado com a palavra “nazistas” atribuída aos membros da formação.

Ninguém foi ferido pelo fogo que atingiu a sede do partido no condado de Orange, em Hillsborough, na madrugada deste domingo, segundo um comunicado emitido pelas autoridades locais.

O director-executivo do Partido Republicano na Carolina do Norte, Dallas Woodhouse, classificou o ataque de “terrorismo político”.

“O próprio escritório teve perda total”, disse Woodhouse ao jornal The Charlotte Observer. “A única coisa que importa é que ninguém morreu, e isso poderia ter ocorrido facilmente”.

Em fotografias postadas nas redes pela divisão estatal do partido podem ser vistos paredes e móveis queimados, assim como cartazes dos candidatos, entre eles o de Donald Trump.

Os autores do ataque lançaram material inflamável em uma garrafa através de uma janela do escritório, e escreveram com tinta a frase “Republicanos nazistas, deixem a cidade ou vão aprender”, dissera as autoridades locais.

A Polícia investiga o ataque, enquanto Trump responsabilizou, em sua conta no Twitter, “os animais que representam (a candidata democrata) Hillary Clinton e os democratas na Carolina do Norte”.

Hillary Clinton usou a mesma rede social para classificar o incidente de “horrível e inaceitável”. Ela disse ainda estar “muito contente por todo mundo estar a salvo”. (AFP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA