Bié: População de Camacupa instada a fiscalizar bens públicos

ALCIDA DE JESUS CAMATELE - ADMINISTRADORA MUNICIPAL DE CAMACUPA (Foto: ROSÁRIO DOS SANTOS)

A população do município de Camacupa, 82 quilómetros a Leste da cidade do Cuito (Bié), foi apelada a preservar os bens públicos e não só, servindo de fiscalizadores das acções negativas para salvaguardar a imagem das cidades e assegurar o bem-estar das famílias.

Em declarações à Angop, nesta quarta-feira, a administradora municipal de Camacupa, Alcida de Jesus Camatele, pediu que cada cidadão deve estar mobilizado para a preservação dos bens públicos, evitando as práticas que prejudicam o bem social da humanidade.

“É importante que o cidadão dê o seu contributo, com ideias e exemplo positivos, sobretudo para que sirva de modelo para os adolescentes e as crianças, visando assim prevenir comportamentos desfavoráveis na geração vindoura.

Para ela, a população deve saber reconhecer o esforço do governo, quanto a construção de infra-estruturas sociais, económicas e culturais nos municipais, comunas e embalas.

Outrossim, convidou os professores, pais e encarregados de educação a consciencializar os jovens e crianças no sentido de ter mais cuidados com os bens públicos e não só, incutindo-os a responsabilidade de servirem como principais fiscalizadores dos empreendimentos nas comunidades.

O município de Camacupa tem uma população estimada em 147.760 habitantes, maioritariamente camponesa. (Angop)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA