Bié: MPLA reafirma aposta na melhoria das condições de vida das populações

Álvaro Manuel de Boavida Neto - Primeiro secretário do MPLA no Bié (Foto: BARTOLOMEU DO NASCIMENTO)

O primeiro secretário do MPLA no Bié, Álvaro Manuel de Boavida Neto, reafirmou neste sábado no município de Catabola, a 52 quilómetros a Leste da cidade do Cuito, que seu partido continuará a lutar para melhorar a qualidade de vida da população.

O político que falava no acto de massas realizado no âmbito do programa do MPLA, “Três em Um, Estamos Lá em 2017”, adiantou que, o partido dará seguimento com a construção de infra-estruturas socioeconómicas para melhorar a vida das comunidades.

Boavida Neto, aproveitou na ocasião para elucidar os militantes, simpatizantes e amigos do partido, dos resultados saídos no VII do MPLA, asseverou que, a Moção de Estratégia do líder do partido, José Eduardo dos Santos vai possibilitar com que haja cada vez mais crescimento e desenvolvimento na província.

O político pediu ao militantes mais dedicação, unidade no processo de recrutamento de novos militantes, visando obter-se bons resultados nas eleições gerais de 2017.

Defendeu maior empenho dos militantes na conservação da democracia e na edificação de um Estado de Direito forte, sobretudo na engrandecimento do sector da agricultura, para se erradicar à Fome e a Pobreza.

“O MPLA vai persistir com a criação de mais postos de emprego, fomento do empreendedorismo, por isso os militantes são chamados a promover a cultura do diálogo no seio das populações e salvaguardar a paz”, enfatizou.

O primeiro secretário do MPLA no Bié, Álvaro Manuel de Boavida Neto realçou ainda a imperiosidade dos militantes promoverem acções que ajudam resgatar valores patrióticos, civismo, ética, moral, assim como a conviverem pela diferença de opiniões.

Outrossim, aconselhou aos militantes aderirem nos postos de registo eleitoral, com vista a cumprirem o dever cívico, salientando que a vitória do MPLA nas eleições gerais de 2017, dependem numa primeira fase da actualização dos cartões de eleitores por parte dos membros.

Testemunharam o acto de massas, militantes provenientes dos municípios de Catabola, Camacupa e Cuemba, respectivamente. (Angop)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA