Bashar al-Assad quer empurrar “terroristas” para a Turquia (vídeo)

(Euronews)

Bashar Assad, afirmou, esta quinta-feira, a um meio de comunicação russo, que uma vitória militar em Alepo seria um “trampolim” para libertar outras regiões do país controladas pelos “terroristas”. Recuperar o controlo da cidade resultaria em ganhos em termos políticos e estratégicos para o regime sírio:

“É preciso limpar, e manter limpa esta região, dos terroristas e empurrá-los para a Turquia, para que regressem ao local de onde vieram, ou então matá-los. Não há outra opção. Mas Alepo vai ser um “trampolim” importante para conseguirmos fazê-lo”, adiantou o chefe de Estado.

Na entrevista Assad afirmou ainda que a Arábia Saudita ofereceu ajuda ao país, mas com contrapartidas:

“Depois do início da guerra a oferta, que veio diretamente da Arábia Saudita, era que se nos afastássemos e anunciássemos o corte de todas as relações com o Irão eles ajudar-nos-iam”, afirmou Assad.

Alepo foi, no passado, antes da crise síria, a capital industrial do país. Hoje é uma montanha de escombros mas continua a ser considerada um ponto estratégico para quem quer vencer uma guerra que já matou centenas de milhares de pessoas e criou a maior crise de refugiados das últimas décadas. (Euronews)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA