Angola e RCA fortalecem cooperação

Assinatura de Acordo de Cooperação entre Angola e RCA (Foto: Rosário dos Santos)

As autoridades angolanas e da República Centro Africana (RCA) assinaram nessa sexta-feira, em Luanda, por intermédio dos chefes das respectivas diplomacias, Georges Rebelo Pinto Chikoti e Charles Doubané, dois novos instrumentos jurídicos, com vista o reforço da cooperação bilateral entre os respectivos estados.

Trata-se do Acordo Geral de Cooperação Revisto e do Memorando Político entre o Ministério das Relações Exteriores de Angola e dos Negócios Estrangeiros, Integração Africana e dos Centro Africanos no Estrangeiro.

Em declarações à imprensa, após a assinatura dos instrumentos jurídicos, o ministro Georges Chikoti declarou que a revisão do Acordo Geral vai acelerar a cooperação entre os dois países e está aberto a todos os sectores.

Explicou que resta apenas a definição das áreas prioritárias na sua implementação, sublinhando que o acordo entre os dois ministérios vem reforçar a relação existente entre os dois países e proporcionará mais momentos de trocas de opiniões sobre vários temas de interesse do Continente Africano e não só.

Com estes instrumentos jurídicos, referiu, os dois países dão passos sólidos para a consolidação das relações bilaterais.

Por sua vez, o ministro Charles Doubané manifestou a sua satisfação pela assinatura dos instrumentos, que doravante vão reger a cooperação entre os dois estados.

De igual modo, agradeceu a fraternidade, solidariedade e amizade do povo e autoridades angolanas no que toca às relações entre os dois países.

Acrescentou que hoje abre-se uma nova era nas relações entre os dois países, baseada na disposição e vontade dos dois estados do crescimento das relações bilaterais.

Testemunharam o acto de assinatura dos documentos altos funcionários do ministério angolano das Relações Exteriores (Mirex) e dos Estrangeiros, Integração Africana e dos Centro Africanos no Estrangeiro.

O dirigente centro-africano efectua uma visita de três dias a Angola. (Angop)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA