Actividade industrial acelera na Zona Euro com impulso da Alemanha

(Negocios)

A actividade da indústria na Zona Euro acelerou em Setembro, impulsionada pelo desempenho da Alemanha. Espanha, Itália e Irlanda registaram subidas ligeiras, enquanto em França e na Grécia a actividade industrial contraiu.

A actividade da indústria na Zona Euro acelerou em Setembro, com a Alemanha e a Áustria a registarem os melhores desempenhos.

O índice PMI que mede a actividade da indústria, da IHS Markit, subiu de 51,7 pontos, em Agosto, para 52,6 pontos, em Setembro, em linha com as anteriores estimativas. O crescimento foi impulsionado pela subida da procura doméstica e internacional, segundo os dados divulgados pela companhia esta segunda-feira, 3 de Outubro.

“A mensagem-chave dos dados de Setembro é que a economia industrial da Zona Euro continua a expandir-se a um ritmo encorajadoramente sólido”, afirma Chris Williamson, economista-chefe da IHS Markit. “Os ganhos de produção estão a ser impulsionados por sinais positivos de melhoria na procura, dentro da região e nos mercados de exportação”.

Ainda assim, o economista-chefe da IHS Markit sublinha que o receio é que “a recuperação seja desigual, assente num ‘core’ centrado na Alemanha e nos seus vizinhos”.

O PMI da Alemanha subiu para 54,3 pontos, um máximo de três meses, e a segunda melhor leitura dos últimos dois anos e meio. Fortes desempenhos foram registados também na Holanda e Áustria.

Espanha, Itália e Irlanda registaram crescimentos mais fracos, enquanto a actividade industrial da França continuou a cair e a Grécia deslizou para uma contracção. Ambos os países registaram leituras abaixo dos 50 pontos – a barreira que separa a expansão da contracção. (Negocios)

por Rita Faria

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA