A ascensão de Vieira: Apoio esmagador para o líder com maior longevidade

José Felipe Vieira (Radionova)

Luís Filipe Vieira foi eleito com 95,5 por cento dos votos e tornar-se-á no presidente que esteve mais tempo à frente dos ‘encarnados’. Venceu eleições, como esperado e de forma esmagadora.

Como tudo se previa, Luís Filipe Vieira foi eleito para um quinto mandato à frente do Benfica. Candidato único, suportando pelos resultados, Vieira venceu com maioria esmagadora recolhendo 95,5 por cento dos votos, de um universo de 13.257 sócios, o que corresponde a 323.071 votos.

Segundo dá conta A Bola, este resultado é esmagador, dando conta do resultado de 2006, onde foi eleito mas com muito menos votos. Foram 7.846 votantes ao contrário dos mais de 13 mil desta quinta-feira.

Além dos votos a favor de Vieira, 4,48 por cento foram em branco, o que corresponde a 693 visitantes e 14.458 votos. A estes resultados somam-se ainda 61 nulos.

Tudo isto traduz-se na segunda maior vitória de sempre num escrutínio na Luz naquele que se tornará no presidente à mais tempo à frente do clube (mandato terminará em 2020). Em 2006, Vieira venceu com 95,6 por cento e em 2003 contou com 90,5 dos votos.

Mais recentemente, em 2009 bateu Bruno Costa Carvalho com 91,7 por cento dos votos. O trabalho de Vieira tem rendido frutos ao longo dos mandatos e também deixou para traz Rui Rangel, em 2012, mas aí por 83,3 por cento, naquela que foi a maior votação da história.

Caso termine o mandato para o qual foi sufragado, Vieira ficará um total de 17 anos à frente dos destinos dos ‘encarnados’.

Depois de ter começado a trabalhar no clube em 2001, ainda como diretor e gestor do futebol profissional, no reinado de Manuel Vilarinho, Vieira assumiu os destinos do Benfica com o objetivo de lhe devolver a grandiosidade que este havia perdido.

As ‘águias’ sagraram-se tricampeãs nacionais e têm apresentado lucros elevados, fruto de vendas e de contratos publicitários. A estes fatores junta-se uma aposta acertada nos jovens formados no Seixal.

Para o próximo mandato, Vieira promete consolidar a hegemonia do Benfica no futebol português, manter a aposta na formação, investir nas modalidades de forma sustentada e fazer crescer a imagem do clube além-fronteiras, com destaque para a China, EUA e Ásia. O passivo ainda é uma preocupação e a redução sustentada da dívida será uma aposta para o corrente mandato. (Noticias ao Minuto)

por Paulo Jorge Rocha

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA