Zaire: Polícia apresenta supostos fabricantes de armas de fogo no Cuimba

(DR)

Um grupo de cidadãos nacionais que se dedicava alegadamente ao fabrico de armas de fogo de tipo caçadeira, foi apresentado hoje, sexta-feira, na vila do Cuimba, província do Zaire, à imprensa, pelo Comando municipal da Polícia Nacional.

Na ocasião, foram também apresentadas 80 armas de fogo de fabrico artesanal que se encontravam na posse dos três elementos afectos a este grupo de malfeitores.

O comandante municipal do Cuimba da Polícia Nacional, intendente Manuel Justino Kinito, disse em declarações à imprensa que a detenção destes elementos, recentemente regressados da RDC, resulta de uma micro-operação realizada pelas forças da ordem no princípio deste mês de Setembro, nos bairros periféricos da vila.

Informou que o processo destes corre seus trâmites legais, devendo nos próximos dias ser encaminhado ao ministério público, em Mbanza Congo.

Os presumíveis fabricantes de armas disseram aos jornalistas que já praticavam a actividade desde 1980 a partir da República Democrática do Congo (RDC) onde se encontravam refugiados, e em Angola desde 2013.

A sede municipal do Cuimba dista 62 quilómetros a nordeste da cidade de Mbnaza Congo e conta com uma população de 69 mil e 194 habitantes, distribuídos em quatro comunas: Buela, Luvaka, Serra da Kanda e Sede.

A localidade é fronteiriça com a República Democrática do Congo, através das comunas de Luvaka e Buela. (Angop)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA