Unidades sanitárias terão postos fixos para actualização do registo eleitoral

Actualização do registo eleitoral (Arquivo) (Foto: Gaspar dos Santos)

Postos fixos para a actualização do registo eleitoral serão abertos a partir de sexta-feira nas unidades sanitárias de referência públicas e privadas da província de Luanda.

Em declarações à Angop, o responsável da área dos registos eleitorais da capital angolana, Pascoal Bravo Santana, informou que o Gabinete provincial pretende abranger perto de 10 mil cidadãos, entre médicos, enfermeiros, pessoal administrativo e familiares de doentes, nos hospitais municipais e de referência, bem como clínicas privadas.

Acrescentou que o processo de actualização decorrerá nos dias 30 de Setembro, 01 e 02 de Outubro.

Para o êxito da actividade, os directores municipais e distritais da saúde, bem como os dos hospitais de referência foram exortados a mobilizar o pessoal em serviço, para durante os três dias estarem presentes nos seus postos e prestarem apoio aos técnicos dos registos.

Entretanto, a directora provincial da saúde de Luanda, Rosa Bessa, apelou ao engajamento dos funcionários dos hospitais, para se atingir 90 porcento do número previsto.

O apelo foi lançado na reunião ordinária de concertação para a avaliação da situação sanitária na província de Luanda, que , para além do registo eleitoral, abordou a situação da saúde escolar, da raiva e efectuou o balanço das actividades do município de Belas referentes ao 1º semestre deste ano.

Os participantes analisaram os preparativos do encontro metodológico, a situação do hospital geral de Luanda e o atendimento de referência e contra referência, ou seja, colocar os serviços de saúde de tal forma que facilite o acesso à população.

Estiveram presentes à reunião ordinária, com periodicidade quinzenal, gestores de unidades sanitárias, directores municipais e distritais e chefes de departamento e responsáveis de programas do Gabinete Provincial da Saúde de Luanda. (Angop)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA