Síria: Aumenta a tensão diplomática entre a Rússia e os EUA

John Kerry (Euronews)

Está iminente a suspensão das negociações de cooperação dos Estados Unidos com Moscovo sobre a Síria.

A ideia foi dada pelo próprio secretário de Estado norte-americano, John Kerry.

“O actual bombardeamento de Alepo é indesculpável. Penso que estamos à beira de suspender as discussões porque é irracional no contexto deste tipo de bombardeamentos estar aqui sentado a tentar fazer com que as coisas sejam sérias”, referiu.

Apesar dos apelos dos Estados Unidos, a Rússia anunciou que vai continuar com os bombardeamentos. Moscovo acusou Washington de apoiar terroristas na Síria.

“Sublinhamos mais uma vez a necessidade de separar a chamada oposição pacífica e os terroristas. Apelamos, em primeiro lugar, para que os Estados Unidos e todos os países que têm influência na região produzam essa separação. Ao dizerem que os extremistas vão agir, a quem é que se referem? Pode ser a oposição moderada que é muito apadrinhada por Washington”, declarou a porta-voz do ministério russo dos Negócios Estrangeiros, Maria Zakharova.

A ONU alertou para o facto da situação na zona leste da cidade síria de Alepo ser “desesperada”, afirmando que centenas de doentes precisam de ser retirados da área controlada pelas forças rebeldes e que os alimentos são escassos. (Euronews)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA