Reino Unido planeia activar processo de saída da UE no início de 2017

O ministro das Relações Exteriores do Reino Unido, Boris Johnson, durante reunião do Conselho de Segurança, em Nova York, no dia 21 de Setembro de 2016 (AFP)

O ministro das Relações Exteriores britânico, Boris Johnson, disse nesta quinta-feira que o Reino Unido quer activar o processo de saída da União Europeia, mediante o artigo 50 do Tratado de Lisboa, no início de 2017.

“Estamos falando com nossos amigos europeus e sócios com a perspectiva de que no começo do ano haja uma notificação do artigo 50. Vamos invocá-lo”, disse a rede de televisão Sky News de Nova York.

Anteriormente a primeira-ministra britânica só havia especificado que seu país não invocaria o artigo antes do final deste ano.

Ao notificar à UE, ambas as partes iniciarão uma negociação de dois anos para estabelecer as condições para que o Reino Unido deixe o bloco.

Mas Johnson, que apoiou a saída de Londres do bloco europeu durante a campanha, disse que não acredita que as negociações precisem deste prazo de dois anos.

“Nessa carta estou certo de que vamos incluir alguns parâmetros sobre como proporemos que isso avance”, afirmou. “Eu não acho que seja necessário passar dois anos inteiros mas vamos ver”, acrescentou. (AFP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA