“Que se f***”: quem irritou o presidente das Filipinas desta vez?

Rodrigo Duterte (AFP)

O presidente filipino, Rodrigo Duterte, ofendeu a União Europeia (UE) depois de conhecer a resolução do Parlamento Europeu que critica os métodos de luta contra drogas no país, informou o canal Al Jazeera.

“Eu li a condenação da UE e digo: que se f***”, disse Duterte durante uma reunião com os empresários locais da cidade de Davao, no sul das Filipinas. Ele indicou que os países europeus tentam assim expiar sua culpa pelos pecados cometidos no Médio Oriente.

No dia 15 de Setembro, o parlamento da UE promulgou uma resolução apelando a “combater o tráfico ilegal de drogas de acordo com os compromissos nacionais e internacionais”.

Rodrigo Duterte assumiu a presidência das Filipinas em 30 de Junho deste ano. O presidente das Filipinas é a favor do combate em grande escala contra os consumidores de drogas, bem como contra os traficantes. Anteriormente, a agência Reuters destacou que desde o início da sua presidência foram mortos cerca de 900 pessoas ligadas às drogas.

Duterte é conhecido pelos seus insultos aos líderes mundiais. Assim, antes da cúpula do G20 na China, ele chamou o presidente dos EUA Barack Obama de “filho da p***” devido a informações de que o líder americano queria falar durante o encontro sobre a morte de mais de 2 mil pessoas durante a luta contra o crime nas Filipinas.

Mais tarde, Duterte chamou de “imbecil” o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, quando ele tocou o assunto das violações de direitos humanos. Antes disso, o líder filipino também insultou o Papa Francisco e o embaixador dos EUA em Manila. (Sputnik)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA