Presidente do México contradiz Trump e diz que não pagaria muro

Trump e Peña Nieto chegam para entrevista na Cidade do México. 31/8/2016. (REUTERS/Henry Romero)

O presidente mexicano, Enrique Peña Nieto, disse nesta quarta-feira que falou a Donald Trump que o México não vai pagar por um muro proposto pelo candidato presidencial republicano ao longo da fronteira México-Estados Unidos, contradizendo a afirmação de Trump de que não discutiram o pagamento.

“No início da conversa com Donald Trump, eu deixei claro que o México não vai pagar pelo muro”, declarou Peña Nieto via Twitter.

Trump disse mais cedo, em uma entrevista colectiva conjunta com Peña Nieto depois de uma reunião na Cidade do México, que eles haviam discutido o muro, mas não quem pagaria por ele. Peña Nieto não mencionou o muro durante a colectiva de imprensa.

Numa visita inesperada a um país que ele frequentemente ataca por conta da imigração ilegal e do tráfico de drogas, Trump conversou com o líder mexicano na sua residência por cerca de uma hora.

“Nós discutimos, sim, o muro. Nós não discutimos o pagamento pelo muro. Isso vai ser mais tarde. Essa foi uma reunião muito preliminar. Foi uma reunião excelente”, afirmou Trump.

Em comícios de campanha para as eleições de 8 de Novembro, o empresário de Nova York diz com frequência para os seus simpatizantes que o México tem de pagar pelo muro.

Peña Nieto disse a Trump que os mexicanos merecem respeito.

“Os mexicanos nos EUA são honestos. Os mexicanos merecem o respeito de todos”, declarou ele, próximo a Trump.

Políticos de oposição mexicanos criticaram duramente Peña Nieto por receber Trump, que tem acusado o México de enviar criminosos e estupradores pela fronteira e enganar os EUA em temas comerciais.

Algumas dezenas de pessoas se juntaram abaixo do monumento da independência mexicana no centro da capital para protestar contra a visita. (Reuters)

por Lizbeth Diaz

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA