Polícia Federal prende António Palocci

Palocci foi ministro de Lula e Dilma (DR)

A Polícia Federal (PF) deteve nesta segunda-feira Antonio Palocci, ex-ministro da Fazenda e homem-chave dos governos de Lula e Dilma Rousseff, no âmbito da Operação Lava Jato, que investiga a rede de corrupção na Petrobras, informaram meios de comunicação.

A PF informou sobre a detenção de um ex-ministro identificado sob o codinome “Omertá” por sua origem italiana, palavra que também deu título à Operação.

A Agência Brasil e os demais meios de comunicação o identificaram como Antonio Palocci, de 55 anos, que foi ministro da Fazenda de Lula entre 2003 e 2006, e ministro-chefe da Casa Civil de Dilma em 2011, assim como um importante operador político do Partido dos Trabalhadores.

Palocci, alvo de uma ordem de “prisão temporária”, foi detido em São Paulo sob suspeitas de que estaria vinculado a subornos para ganhar licitações governamentais da petrolífera estatal.

A PF deteve na semana passada por algumas horas o sucessor de Palocci como ministro da Fazenda, Guido Mantega, por supostos desvios nas licitações de duas plataformas petrolíferas para obter fundos de campanha para o PT. (AFP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA