Pais terão protegido filho de nove anos suspeito de matar irmã de seis

Pais encobriram crime cometido há vinte anos, defendem investigadores. O crime aconteceu há 20 anos. JonBenet Ramsey, uma famosa rainha de beleza de concursos infantis, foi encontrada morta na cave da sua casa quando tinha apenas seis anos.

O seu irmão, que na altura tinha nove anos, sempre foi um dos principais suspeitos do crime, motivo pelo qual recentemente concedeu uma entrevista no programa ‘Dr. Phil’, onde nega qualquer envolvimento na morte da irmã.

A polícia nunca conseguiu desvendar o mistério, mas um grupo de especialistas que está a levar acabo um documentário sobre o caso revela que há evidências de que terá sido Burke o autor do crime, embora tudo possa ter acontecido de forma acidental.

Os investigadores lembram que anos antes o irmão mais velho tinha batido na irmã com um taco de golfe, deixando-a com uma cicatriz. No dia da sua morte, em dezembro, algo semelhante pode ter acontecido quando esta desceu à cave e comeu um pedaço de ananás que estava guardado para o rapaz. O jovem terá ficado chateado e terá acertado na cabeça da irmã com uma lanterna causando a sua morte, mesmo que não de forma premeditada, escreve o The Mirror.

Os investigadores acreditam que os pais terão encoberto tudo o que aconteceu, motivo pelo qual até aos dias de hoje não se sabe como morreu a criança.

Questionado, porém, sobre se é responsável pela morte da irmã, John diz categoricamente que “não”, até porque seria “impossível para um menino de nove anos” fazer algo assim.

© NM

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA