Padre encoraja famílias a se dedicarem no amor ao próximo

Pároco do Santuário da Muxima, Albino Reyes (Foto: Gaspar Dos Santos)

O padre Albino Rayes, pároco do Santuário da Muxima, reiterou o apelo hoje (sábado) as famílias no sentido de se afincarem na prática do amor ao próximo ao invés dos bens materiais, por ser nele em que as pessoas se unem e gostam-se uns aos outros enquanto os bens acabam de forma instantânea.

O sacerdote proferiu estas palavras quando dirigia a eucaristia matinal, na peregrinação que será aberta na tarde de hoje e perdura até domingo, sob o lema “Nossa senhora da Muxima, Mãe da misericórdia, rogai por nós”.

De acordo com o clérigo, o amor é que propicia a solidariedade, humildade, a partilha, a esperança e a unidade, bastando para tal, abrir o coração à Deus e ter a simplicidade das crianças.

“Se há motivo para nos sentirmos orgulhosos como cristãos peregrinos ao santuário é sermos solidários, de poder partilhar da renovada esperança, da unidade e do amor que tudo faz possível”, enfatizou.

Albino Reyes apelou também para que toda devoção, toda prática religiosa leve a todos a crescer no amor, para deste forma poderem se sentir orgulhosos de ser irmãos da mesma fé e que se cuidem uns aos outros.

“Devemos ir ao fundo do coração, porque se assim não for, tudo isso que exteriormente é maravilhoso nos pode levar ao orgulho e a arrogância”, notou.

A peregrinação ao Santuário da Muxima, que decorre até domingo, registará a eucaristia solene de abertura às 18 horas, sob orientação de Dom Joaquim Ferreira Lopes, Bispo de Viana, seguida de uma procissão da luz, adoração e vigila.

Para domingo, o programa da romaria contará com a reza do terço e a eucaristia de encerramento, com a presença de Mons Peter Raiji, Núncio Apostólico em Angola. (Angop)

DEIXE UMA RESPOSTA