Moxico: Manutenção causa restrições no abastecimento de água no Luena

Estação de tratamento de água do Luena, na província do Moxico (Foto: ANGOP)

A restrição que se regista há dez dias no abastecimento de água à rede domiciliar da cidade do Luena, se deve a manutenção que beneficia a Estação de Tratamento de Água (ETA) do Luena, informou hoje, o director do Moxico da Energia e Águas, Celestino João.

De acordo o responsável que justificava à Angop as constantes reclamações da população, desmentiu as informações segundo as quais a paralisação do fornecimento deve-se a avaria nos grupos geradores.

Afirmou que por ser uma ETA recente, a manutenção é periódica e, as vezes, demorada, uma vez que as ligações domiciliares ainda decorrem em outros bairros da periferia e cidade do Luena. O empreendimento possui grupos geradores independente da rede pública

Por isso, o responsável solicita calma a população, pois “esforços gigantescos” estão a ser envidados para que a água volte a jorrar nas torneiras das residências.

Assegurou que estão em fase terminal as obras de construção de outra Estação de Tratamento de Água e a respectiva rede domiciliar do bairro Social, Tchifutchi, Mandenbwé, Popular, Santa Rosa e Sinai.

Segundo o responsável uma outra empresa está a trabalhar na construção de uma captação para transportar água do rio Luena, na zona do bairro Sangondo para fornecê-la ao tanque do bairro Tchifutchi, actualmente em obras de restauro.

Até ao momento, mil e 200 ligações já foram feitas na cidade do Luena e arredores. (Angop)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA