Moxico: Governo defende mais acções para erradicar analfabetismo

Maria Germana António, Vice-Governadora para o Sector Económico (Foto: David Dias)

O governo da província do Moxico quer mais acções das redes de alfabetização para se erradicar, até 2025, o analfabetismo, defendeu hoje, quinta-feira, no Luena, a vice-governadora para o sector económico, Maria Germana António.

A responsável, que falava no acto alusivo ao Dia Internacional da Alfabetização, referiu que os esforços devem ser permanentes e proacticos da parte dos envolvidos.

Com a erradicação do analfabetismo, previu, muitos irão contribuir com o seu saber no desenvolvimento social e económico do Moxico, em particular, e Angola, em geral.

Por seu turno, o director provincial do Moxico da Educação, Abel Jones Piqui, enalteceu o empenho dos facilitadores, supervisores e alfabetizadores, autoridades tradicionais e religiosas na contribuição para a erradicação do fenómeno.

Abel Jones Piqui afirmou que os números apresentados são de louvar, porque demonstra o caminho a percorrer, numa altura que estão alfabetizados mais de 200 mil pessoas desde a implementação do Plano Estratégico de Revitalização da Alfabetização (PERA), em 2012.

O Programa de Alfabetização e Aceleração Escolar (PAAE), no Moxico, conta com 191 salas de aulas e 941 facilitadores, supervisores e alfabetizadores, distribuídos em 28 redes. (Angop)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA