Ministros defendem continuidade dos projectos para desenvolvimento

Albino da Conceição, novo ministro dos Desportos (Foto: Francisco Miúdo)

O novo ministro da Assistência e Reinserção Social, Manuel Gonçalves Muandumba, prometeu hoje, quinta-feira, em Luanda, continuar a trabalhar com os demais integrantes do pelouro, com vista a cumprir com o Plano Nacional de Desenvolvimento no país.

 Gonçalves Muandumba, novo ministro da Assistência e Reinserção Social (Foto: Francisco Miúdo)

Gonçalves Muandumba, novo ministro da Assistência e Reinserção Social (Foto: Francisco Miúdo)
Em declarações à imprensa, logo após o seu empossamento pelo Chefe de Estado angolano, José Eduardo dos Santos, Gonçalves Muandumba avançou que uma das questões que continuará a merecer particular atenção é a desminagem e a reinserção dos antigos combatentes.

Por seu turno, Albino José da Conceição, agora ministro da Juventude e Desportos, disse que vai trabalhar na continuidade, no âmbito dos programas estratégicos elaborados para a área.

Sublinhou, por outro lado, que, no quadro do processo em curso do registo eleitoral, vai trabalhar com a juventude, fazendo apelos para a participação de todos, pelo facto de os jovens constituírem a maioria a nível do país.

Albino José da Conceição ascendeu do cargo de secretário de Estado dos Desportos.

O Presidente José Eduardo dos Santos conferiu igualmente posse aos governadores do Cunene e do Huambo, respectivamente, Kundi Paihama e João Baptista Kussumua.

Foram empossados ainda na mesma cerimónia, ocorrida no Palácio Presidencial, Ana Paula da Silva Sacramento Neto, secretária de Estado para os Desportos, Ana Paula Correia Victor, secretária de Estado para Reinserção Social, e Victória Francisco Correia da Conceição, secretária de Estado da Família e Promoção da Mulher.

Aia-Eza Nacília Gomes da Silva e Mário Eglicénio Baptista Ferreira do Nascimento assumiram os cargos de secretária de Estado do Orçamento e de secretário de Estado do Tesouro, respectivamente. (Angop)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA