Ligação de Isabel dos Santos leva Bank of America a abandonar venda de posição da Amorim na Galp

(Negocios)

O Bank of America saiu do processo de venda de uma participação da Amorim Energia na Galp devido à ligação desta última a Isabel dos Santos, avança a Bloomberg.

O banco de investimento americano Bank os America abandonou o papel de conselheiro da Amorim Energia na venda de uma posição na Galp Energia, revela a Bloomberg que cita fontes ligadas ao processo. O banco não assinou o contrato.

Em causa, segundo as mesmas fontes, está a ligação da Amorim Energia a Isabel dos Santos. A Amorim Energia é detida pelo empresário Américo Amorim (55%) e a angolana Esperanza – controlada pela Sonangol e que integra no capital Isabel dos Santos – (45%).

O Bank of America acabou por não assinar o contrato, numa altura em que está a levar a cabo uma discussão interna que inclui riscos reputacionais, eventualmente envolvidos nas operações que realiza e os serviços que presta, segundo fontes citadas pela Bloomberg.

O banco de investimento americano recusou assim participar na venda de uma fatia da Galp Energia realizada no dia 15 de Setembro. A Amorim Energia vendeu 5% da Galp, por 484,7 milhões de euros, passando, assim, a deter uma posição na petrolífera de 33,34%, mantendo assim “a sua posição de accionista de referência desta sociedade”, tal como disse que pretendia.

A Bloomberg contactou o Bank of America e a Amorim Energia, que recusaram comentar o caso. Já o porta-voz de Isabel dos Santos não respondeu no imediato. (Negocios)

DEIXE UMA RESPOSTA