Liga Europa, Grupo A: Mourinho salvo por Rooney e Ibra diante do Zorya

(Reuters)

Um golo construído a meias entre os dois avançados permitiu ao United somar os primeiros pontos nesta competição.

José Mourinho não facilitou diante dos ucranianos do Zorya, apresentou o seu onze de gala em Old Trafford e somou os primeiros pontos no Grupo A da Liga Europa, com uma vitória arrancada a ferros (1-0), depois de ter sido surpreendido, na ronda inaugural, pelos holandeses do Feyenoord que, também esta quinta-feira, perderam em Istambul diante do Fenerbahçe (0-1).

Confira a FICHA DO JOGO

Mesmo sem facilitar, o treinador português sofreu a bom sofrer junto à linha até ao primeiro golo do United que chegou apenas a vinte minutos do final. A primeira parte foi, aliás, muito pobre, com destaque apenas para um potente remate à barra de Rashford, aos 20 minutos. O Zorya, atual segundo classificado da liga da Ucrânia, atrás do Shakhtar de Paulo Fonseca, mas à frente do histórico Dínamo Kiev, ofereceu boa réplica ao longo de todo o jogo, sem qualquer constrangimento por estar a jogar em casa de um dos grandes da Europa.

A equipa de Luhansk não foi a Old Trafford propriamente defender. Pelo contrário, jogou aberto e até teve oportunidades claras para abrir o marcador, com destaque para uma «bomba» de Paulinho que obrigou Romero à defesa da noite. Mourinho não esperou muito mais para mexer na equipa e fez Wayne Rooney saltar do banco. Logo a seguir, o United chegou ao golo com o capitão na jogada, com um remate imperfeito que se transformou em assistência ocasional para a finalização fácil do incontornável Ibrahimovic.

Um golo que permitiu a Mourinho e a toda a equipa do United serenar, mas sem nunca levantar o pé, até porque o Zorya ofereceu boa réplica até ao último apito.

Fenerbahçe lidera o grupo

O Fenerbahçe, que na primeira ronda tinha empatado com o Zorya (1-1), é o novo líder deste Grupo A, depois desta noite ter batido o Feyenoord, também com um golo solitário.

A antiga equipa de Vítor Pereira entrou melhor no jogo e chegou à vantagem aos 18 minutos, com Emenike a concluir uma rápido contra-ataque com um remate cruzado.

Um golo que acabou por ditar o resultado final e elevar a equipa turca para o topo da classificação, com mais um ponto do que o United e do que o Feyenoord. (Mais Futebol)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA