Lewandowski afirma que impeachment de Dilma foi ‘tropeço da democracia’

Presidente do Supremo Tribunal Federal, Ricardo Lewandowski (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Ricardo Lewandowski disse, durante uma aula, que o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT) foi um “tropeço na democracia” do Brasil. A informação é do Jornal Folha de S. Paulo.

A afirmação, segundo o jornal, foi publicada pela revista Carta Capital, que teve acesso a uma gravação de trechos de uma aula de Lewandowski na Faculdade de Direito da USP.

“[O impeachment] encerra novamente um ciclo daqueles aos quais eu me referi. A cada 25, 30 anos, no Brasil, nós temos um tropeço na nossa democracia”, disse o ex-presidente do STF, que presidiu o processo contra Dilma no Senado.

Além do impeachment, Lewandowski também atacou a forma como o governo de Michel Temer (PMDB) aplicou a reforma curricular do Ensino Médio, por meio de decreto de medida provisória.

“Alguns inominados, fechados lá no gabinete, que resolveram: ‘vamos tirar educação física, artes, isso e aquilo’. Não se consultou a população”, afirmou.

O STF recebeu um mandado de segurança que pede a suspensão da medida. (Yahoo)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA