Kristalina Georgieva entra na corrida a secretário-geral da ONU

(Foto: D.R.)

A Bulgária substituiu Irina Bokova pela candidata apoiada pela chanceler alemã.

A Bulgária mudou a sua candidata ao cargo de secretário-geral da ONU, substituindo Irina Bokova por Kristalina Georgieva, anunciou o primeiro-ministro do país, citado pela AFP.

Kristalina Georgieva, candidata apoiada pela chanceler alemã Angela Merkel, é considerada a mais difícil adversária do ex-primeiro-ministro português António Guterres na corrida à liderança das Nações Unidas. Em reacção à TSF, o ministro dos Negócios Estrangeiros Augusto Santos Silva disse que a candidatura de Guterres é “exemplar”. Recorde-se que em meados deste mês, o primeiro-ministro António Costa apelou a que não exista “alguma manobra de última hora” na eleição do futuro secretário-geral das Nações Unidas, defendendo que o processo tem sido “transparente” e revelado António Guterres como o melhor candidato.

O anúncio de mudança de candidata foi feito pelo primeiro-ministro búlgaro Boiko Borissov em Sofia, nesta quarta-feira. “Nós acreditamos que é uma candidatura de sucesso”, disse o chefe do governo de centro-direita aos jornalistas na capital búlgara referindo-se a Kristalina Georgieva.

O nome de Irina Bokova tinha sido proposto pelos socialistas da Bulgária. (publico)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA