Justiça económica tem problemas “absurdos” só que não é a única

(Miguel Baltazar)

A chamada justiça económica respondeu mal no período de crise. Os advogados que acompanham as empresas concordam, mas dizem que há problemas ainda mais graves noutras áreas do sistema.
É a própria ministra Francisca Van Dunem que o reconhece. Algo vai mal nos segmentos da actividade dos tribunais expostos à crise económica: cobrança de dívidas, processos de insolvência ou litígios… Ler mais

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA