Huíla: Responsável realça expansão dos serviços de identificação civil

António Guilherme de Jesus Baptista - Delegado da justiça na Huíla (Foto: José Krithinas)

O delegado provincial da justiça e direitos humanos, António Guilherme Baptista, considerou hoje, terça-feira, no Lubango, ser urgente massificar os serviços de identificação civil e criminal nos municípios leste da Huíla, acção com efeito a partir de 2017.

Ao falar à Angop, nesta urbe, o responsável admitiu ser imprescindível a implementação destes serviços nalguns municípios da Huíla, como Cuvango e Jamba, na perspectiva de que os cidadãos obtenham rapidamente o bilhete de identidade e o boletim do registo criminal.

Assinalou haver uma grande procura por estes serviços por populares destas regiões, no Lubango, Matala, Caluquembe, Chibia, Quilengues e Humpata, onde estão instaladas lojas dos registos.

Destacou igualmente, como desafios da instituição que dirige, a formação contínua de administradores afectos ao sistema informáticos e analistas, visando a actualização constante dos serviços impostos.

Considerou positivo o andamento do processo de registo, a julgar pelo sucesso demonstrado na atribuição de assentos de nascimento, registo predial, comercial, criminal, atribuição bilhete de identidades, dentre outros. (Angop)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA