Huíla: Investimentos na educação e saúde melhoram serviços em Chicomba

Huila: Hospital municipal de Chicomba (Foto: Fernanda Jamba)

Os investimentos feitos pela administração municipal de Chicomba, província da Huíla, nos sectores da saúde e educação, sobretudo, melhoraram as condições de vida das populações locais, afirmou hoje, terça-feira, a administradora local, Lúcia Francisca.

Em declarações à Angop, Lúcia Francisca referiu que a construção de escolas em três comunas que compõem o município: Cutenda, Libongue e Quê, permitiram a inserção de mais de 20 mil crianças no sistema, nos últimos quatro anos.

Segundo a governante, o crescimento de Chicomba e consequente melhoria das condições de vida de mais de 127 mil habitantes passou também pela construção de novos sistemas de distribuição de água, no âmbito do programa “Água para Todos”.

Sublinhou que com fundos públicos foi igualmente erguido um posto policial na comuna do Quê, três residências para técnicos na sede do município e administração comunal do Libongue, infra-estruturas que estão a melhorar a prestação do serviço público aos cidadãos.

Lúcia Francisca assegurou que administração municipal de Chicomba continua a trabalhar com recursos financeiros que têm sido alocados pelo governo no âmbito do programa de combate a pobreza, com base em prioridades absolutas, estando em curso a construção de uma escola de seis salas de aula no sector do Nondumbo, comuna do Cutenda assim como a conclusão de outros.

De acordo com a administradora, as principais dificuldades prende-se apenas com as vias de acesso no seu município, com destaque para as estradas que ligam aos municípios de Quipungo, Caluquembe e Caconda.

Chicomba dista 220 quilómetros a norte do Lubango e tem uma população estimada em 127 mil e 273 habitantes, que vivem da agricultura e pesca. (Angop)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA