Huambo: Feira mostra pratos típicos do planalto central

Feiras de gastronomia (Foto: Angop)

Os pratos e bebidas típicas da região do planalto central estão expostos numa feira de gastronomia, para assinalar os 104 anos da cidade do Huambo, assinalados quarta-feira.

Com a participação de hoteleiros locais, a feira decorre nas imediações da Estufa-fria do Huambo, numa iniciativa da Direcção Provincial do Comercio, Hotelaria e Turismo.

Estão expostos pratos como pirão, cabidela, peixes, sumati e verduras como lombim, quissaca, lossua, entre outros nacionais e internacionais.

Já em relação às bebidas, os agentes hoteleiros, para além das bebidas modernas, estão a mostrar a quissarra, quissângua, caporroto, sumo de múcua, morango, loengo e demais, acompanhados de mel.

Ainda no local, estão a ser expostos e comercializados vários produtos agrícolas como batata-doce e rena, rabanete, inhame, milho, soja, ervilhas, abóbora e feijão.

Em declarações à Angop, os expositores elogiaram a promoção da feira, pois é uma propaganda da gastronomia local, bem como facilita o intercâmbio e o fomento do empreendedorismo nesta área.

Defina Quiteculo, uma das participantes, augura maior aderência da população, em prol da concretização dos objectivos preconizados.

“Esperamos que a população adira massivamente, para poder saborear os nossos produtos, cujos preços são acessíveis”, afirmou.

Já Jovani Silva disse que o facto dos expositores apostarem em produtos agro-pecuários naturais torna-se num aditivo para que todos afluam ao certame.

Por sua vez, Sidónia Chitunda almeja que a sua tenda seja a vencedora do prato do dia, bem como espera que os visitantes gostem e divulguem às comidas do planalto central no país e no mundo.

A expositora Ana Bela augura mais iniciativas públicas e privadas do género, de forma a se engrandecer e divulgar a cultura local.

Por seu turno, o chefe do departamento provincial de Hotelaria e Turismo, Fernando Cavinda, elogiou a aderência dos hoteleiros à actividade, referindo que um dos objectivos era mostrar os hábitos e costumes do povo umbundu. (Angop)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA