Golpistas se passam por médicos e cobram famílias de pacientes

(Foto: D.R.)

Pacientes estão internados em UTI de Santa Casa, em Mogi das Cruzes; seis famílias foram abordadas pelos criminosos.

Um novo golpe envolvendo a saúde pública está sendo investigado pela Polícia Civil. Desta vez, criminosos estão se passando por médicos e entrando em contato com parentes de pacientes internados na UTI da Santa Casa em Mogi das Cruzes para cobrar valores referentes a exames e procedimentos.

De acordo com o G1, seis famílias já foram abordadas e felizmente todas desconfiaram da situação e não caíram no golpe. Os golpistas se passam por médicos e pedem que seja realizado um depósito bancário para procedimentos emergenciais, e afirmam ainda, que posteriormente o valor será reembolsado pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Segundo a diretoria da unidade, mesmo não havendo vítimas, a instituição também procurou a polícia. “A Santa Casa recebe do sistema de saúde pelos pacientes internados. Não pode, não cobra, e não recebe nada de diferente que o governo paga” disse o diretor, Nicolau Caivano.

Medidas de alerta foram tomadas pela instituição que colocou cartazes com orientações sobre o possível golpe em pontos estratégicos da Santa Casa. O delegado Argentino Coqueiro, responsável pelo caso, disse que já tem informações sobre a quadrilha que abordou vítimas na região. Há suspeita de envolvimentos de funcionários da unidade, já que os criminosos possuem informações sobre o estado de saúde de casa paciente. (noticiasaominuto.br)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA