Funcionários públicos devem ser formados regularmente

Anselmo Monteiro - Director do SIAC (Foto: Lucas Neto)

O director do Serviço Integrado de Atendimento ao Cidadão (SIAC), Anselmo Monteiro, admitiu hoje, terça-feira, em Luanda, existir um vazio em termos de formação regular dos funcionários públicos de modos a que os mesmo prestem melhor o seu serviço.

Em declarações à imprensa a margem do seminário sobre “Valorização do serviço público”, realizado pelo Ministério da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social em parceria com o Governo da província de Luanda, salientou ser necessário que se invista mais na formação dos agentes públicos para que os mesmos estejam cada vez mais capacitados.

“ Aqui há vários factores que têm interferido no comportamento do funcionário público e nos temos que admitir enquanto que existe um grande vazio em termos de formação do pessoal de forma regular para que esses possam efectivamente ser melhores e poderem prestar melhores serviços”, referiu.

A questão de valores, do comprometimento do servidor público perante ao seu trabalho são elementos que muitos funcionários não levam em conta para que demonstrem um trabalho com qualidade.

“Há funcionários públicos que não estão comprometidos com a causa pela qual ali se encontram, existem os que enveredam pelo caminho menos bom, que vai de certa forma manchar a imagem do próprio serviço e a nossa missão é estar próxima ao cidadão, levar o serviço próximo ao público e dar-lhes o que eles precisam: que é exactamente um atendimento com qualidade, eficâcia e rapidez”, salientou.

O seminário visa contribuir para a mudança de cultura, o espírito de missão e o aumento da qualidade do atendimento dos utentes na administração pública que é um factor chave no reflexo do bom funcionamento das instituições públicas.

Participaram no encontro responsáveis e técnicos dos diversos serviços ligados ao atendimento público, afectos a cidade de Luanda. (Angop)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA