Ford e Robert Hudson reabilitam escola em Luanda

(DR)

A Ford e a Robert Hudson voltam a realizar a acção de responsabilidade social Global Week of Caring em Luanda, entre 12 e 16 de Setembro, onde se juntam trabalhadores, concessionários e estruturas ligadas à Ford, para realizar projectos de voluntariado e apoio à comunidade. Este ano, a Ford e a Robert Hudson vão reabilitar a Escola Primária n.º 1233 – ex-6008, “Irmão Carlos Tesche”, da Obra da Divina Providência, no Bairro do Golf – Luanda. A acção vai envolver mais de 50 trabalhadores da Robert Hudson, que durante esta semana, vão doar o seu tempo e mão-de-obra. Os voluntários vão pintar a escola, compor de janelas e fazer reparos de bricolage impactando mais de 1.000 crianças que terão melhores condições para aprender e desenvolver suas habilidades.

(DR)
(DR)
Durante o mês de Setembro, em todo o mundo, a Ford organiza o Global Month of Caring dedicando todo o mês a acções de responsabilidade social, onde os envolvidos se dedicam a ajudar com o seu tempo e esforço, instituições carenciadas. A Ford implementa este programa em Angola desde 2014 e existe há 11 anos no mundo Ford, sendo aplicado em todos os continentes e em dezenas de países.

Mais de 12.500 trabalhadores, aposentados, revendedores ou pessoas ligadas à organização fazem parte do Corpo de Voluntários da Ford, em todo o mundo, e trabalham com as comunidades locais, nos seis continentes, para participar no Global Month of Caring. Os voluntários Ford completaram cerca de 277 projetos de serviços comunitários em 27 países. O Global Month of Caring é o ponto alto de uma campanha anual para promover a interajuda, melhorar a vida das pessoas e tornar o mundo um lugar melhor. As organizações sem fins lucrativos em África, na Europa, na Ásia-Pacífico compartilham mais de 225.000 USD em doações para comprar as ferramentas, suprimentos e materiais para seus projetos.

A Obra da Divina Providência vai beneficiar de obras de requalificação em 3 edifícios com 11 salas de aula para 1054 alunos, com idades entre os 5 e os 12 anos. Além de ensinar estas crianças, a instituição promove a sua saúde e bem-estar com um infantário e um centro de saúde para toda a comunidade.

(DR)
(DR)
“A Ford e a Robert Hudson continuam empenhadas em ajudar as instituições carenciadas e a fazer a diferença na comunidade. Desde que iniciamos o Global Week of Caring em Angola, todos os colaboradores se envolveram e se comprometeram com o projecto, pois todos acreditamos no envolvimento com a comunidade e em fazer o bem.” diz Gabriel Almeida, Administrador Delegado da Robert Hudson, “Queremos fazer a diferença e estamos cheios de energia para ajudar esta instituição que tem um papel fundamental na comunidade. Estamos orgulhosos em continuar o legado de Henry Ford cujo lema assenta em valores altruístas e de interajuda.”

Em 2015, a Ford e a Robert Hudson reabilitaram e recuperaram um centro de saúde e uma escola, no âmbito deste programa. O vídeo da acção pode ser visto no youtube: https://youtu.be/iXzYxraXJi8.

O Corpo Voluntário da Ford faz parte do Fundo de Serviços Comunitários da organização, que é o braço filantrópico da Ford Motor Company, e que todos os anos expande a sua área de intervenção nas comunidades onde se insere.

# # #

Sobre a Ford Motor Company

A Ford Motor Company, uma empresa mundial da indústria automóvel líder, sediada em Dearborn, Michigan. Com cerca de 201 mil funcionários e 67 fábricas em todo o mundo, os negócios principais da empresa incluem a concepção, produção, marketing e manutenção de uma linha completa de carros Ford, camiões, SUVs e veículos electrificados, bem como veículos de luxo Lincoln. Ao mesmo tempo, a Ford investe fortemente em oportunidades emergentes que surgem através Ford Mobilidade Inteligente, que é o plano da empresa para ser um líder em conectividade, mobilidade, veículos autónomos, experiência do utilizador, dados e análises. Para mais informações sobre Ford, os seus produtos em todo o mundo ou a Ford Motor Credit Company.

Global Week of Caring em Angola:

(nota de imprensa enviada à redacção do Portal de Angola com pedido de publicação)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA