Festival de Natação na Piscina de Alvalade mobiliza clubes e escolas

O corpo dirigente da Federação Angolana da Natação, com o DNPD, António Gomes, à direita, de boné vermelho. (Foto: D.R.)

A Natação além do seu valor atlético é um bem para a saúde. Assim podemos entender o Festival realizado no passado dia 24, no Complexo das Piscinas de Alvalade, que colocou a mexer mais de 150 atletas oriundos de clubes e escolas, espalhadas pela capital.

A Mesa de comando das provas. (Foto: D.R.)
A Mesa de comando das provas. (Foto: D.R.)

Luanda deu início à temporada com um desfile como há muito não se via. As quatro piscinas do recinto desportivo albergaram atletas dos escalões infantil, juvenis e júniores, mostrando que a modalidade tem viabilidade e pode afirmar-se a prazo, no contexto das grandes competições, com valores individuais e de grupo, inscritos nos vários clubes e escolas de Luanda, sem contar com o resto do país.

Prova juvenil. (Foto: Portal de Angola)
Prova juvenil. (Foto: Portal de Angola)

Ao organizar o evento, o Complexo das Piscinas de Alvalade e a Federação Angolana de Natação procuraram chamar a atenção da sociedade angolana, para o potencial da modalidade, a nível do desporto de competição, tendo em conta as condições naturais existentes no país.

À esquerda, António Gomes, DNPD, Adriano Cristóvão (Didi) e Joaquim Cafuxi, representantes do MINJUD, fizeram-se representar ao evento. (Foto: Portal de Angola)
À esquerda, António Gomes, DNPD, Adriano Cristóvão (Didi) e Joaquim Cafuxi, representantes do MINJUD, acompanharam o evento. (Foto: Portal de Angola)

É o despontar de uma nova realidade que promove a aderência de candidatos, a partir da base infantil até à classe juvenil, para uma disciplina desportiva até então reservada a uma elite.

Salto acrobático. (Foto: Portal de Angola)
Salto acrobático. (Foto: Portal de Angola)

A divisa “Desporto para Todos”, empreendida pelo Executivo angolano abriu oportunidades a todos os cidadãos, de escolherem a sua modalidade e a Natação possui hoje referências, que estimulam as autoridades a apostarem na massificação, como forma de capitalização de talentos para a alta competição.

 Canoagem, um exercício que requer destreza e treino apurado. (Foto: Portal de Angola)
Canoagem, um exercício que requer destreza e treino apurado. (Foto: Portal de Angola)
O presidente da Federação Angolana de Natação, Mário Fernandes. Foto: Portal de Angola)
O presidente da Federação Angolana de Natação, Mário Fernandes.
(Foto: Portal de Angola)

Ao promover o Festival, a Federação Angolana de Natação pretendeu mostrar o trabalho realizado neste domínio e mobilizou sinergias para apresentação ao público de uma iniciativa, que galvanizou escolas e clubes e sobretudo atletas, engajados no desporto de alto rendimento.

O Complexo de Piscinas de Alvalade abriu as suas portas e a verdade é que a animação e o alarido infantil preencheram a manhã de sábado, 24 de Setembro, com um lindo cartaz de provas atléticas, nas classes infantil e juvenil, que agradaram os encarregados de educação presentes.

André Sabalo, Director do Complexo das Piscinas de Alvalade. (Foto: Portal de Angola)
André Sabalo, Director do Complexo das Piscinas de Alvalade. (Foto: Portal de Angola)

Nas palavras do director da Piscina de Alvalade, “a prática desportiva em actividades aquáticas (ensino, aprendizagem e alta competição), prestação de serviços, bem como outras actividades de manutenção da condição física, de ocupação dos tempos livres e de lazer são os objectivos a que nos propusemos atingir”.

Para André Sabalo “desenvolver actividades educativas, manutenção/laser saúde/ hidroterapia desportiva, recreativa, prestação de serviços , formação melhoria da saúde , bem-estar, socialização e aumento da qualidade de vida” constituem objectivos inscritos no programa de acção do Complexo.

Ginástica aeróbica, um complemento do Festival de Natação na Piscina de Alvalade. (Foto: Portal de Angola)
Ginástica aeróbica, um complemento do Festival de Natação na Piscina de Alvalade. (Foto: Portal de Angola)

Na Piscina de Alvalade são ministrados cursos de Natação dirigidos a interessados de qualquer faixa etária, com horários flexíveis, que têm registado aderência considerável.

Frontspício da Piscina de Alvalade em Luanda. (Foto: Portal de Angola)
Zona de competição da Piscina de Alvalade em Luanda. (Foto: Portal de Angola)

Em Dezembro, as instalações acolherão as provas de Natação dos VII Jogos da Região Africana, em Sub-20, devendo em breve entrar em obras de beneficiação, para o evento de cariz regional.

Atletas em competição no Festival de Natação, na Piscina de Alvalade. (Foto: Portal de Angola)
Atletas em competição no Festival de Natação, na Piscina de Alvalade. (Foto: Portal de Angola)

O Complexo possui ainda um conjunto de duas unidades de restauração, sob gestão do Consórcio BPC-ABC, que dão à infraestrutura uma ambivalência, no âmbito do lazer versus desporto, muito bem concebida.

O Desporto tem ali expressão olímpica, no que à Natação diz respeito, comparável ao que acontece noutros países, com infraestruturas, obedecendo aos padrões internacionais.

Que venham os VII Jogos da Região 5, para uma melhor instrospecção e visualização desta importante infraestrutura desportiva, de nível continental. Até Dezembro 2016. (Portal de Angola)

 

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA